Notícias

UNA participa do Festival Imaterial em Évora

A UNA – União Negra das Artes organiza, no âmbito do Festival Imaterial, a conferência-dança “Por um (MAT)rimónio Imaterial Negro” no dia 2 de Outubro às 18h00 no Teatro Garcia de Resende em Évora. Com esta iniciativa propõe uma reflexão sobre o que tem sido reservado à população negra em Portugal nos processos de definição e ressignificação do património material e imaterial do país. Serão duas horas de encontro e entrega, com o público do festival, no intuito de promover a experiência de ativação dos corpos, a partir da estimulação das mentes em harmonização com os afetos. Na base estão diversas questões: Quais são as vozes e corpos políticos que clamam por uma autogestão do património? Como os grupos subalternizados e oprimidos, muitas vezes destituídos de propriedade, se inserem nas políticas de representação do património cultural e propriedade intelectual de um país? Como podemos começar a pensar neste tema desde uma relação com o corpo, imagem e palavra?  
A UNA estará representada por Ana Tica (produtora e agente cultural), Íris De Brito (artista de dança), Maíra Zenun (artista e poeta) e Piny (coreógrafa, performer, professora).

O Imaterial é um projeto com organização da Câmara Municipal de Évora/DCP, em parceria com a Fundação Inatel e com direção artística de Carlos Seixas.

Entrada livre, limitada à lotação do espaço, mediante levantamento de bilhetes na própria sala.

FESTIVAL IMATERIAL: Património pensado e vivido
Heritage we think and live by
1—9 OUT 2022 // Évora, Portugal

Programa Completo (PDF)

UNA na Conferência Anual Acesso Cultura

Diversidade étnico-racial

Procuram-se Performers

Voltar ao topo